parsifal-oficinas-terapeuticas

As Oficinas Terapêuticas

As Oficinas Terapêuticas destinam-se a atender jovens e adultos com deficiências no âmbito físico, psíquico e/ou mental. Com foco no trabalho, elas dão ênfase ao convívio humano e ao desenvolvimento das habilidades manuais, promovendo a interação social e a autonomia.
 Jovens e adultos executam trabalhos em marcenaria, tecelagem, confecção de instrumentos musicais, feltragem e panificação como meio de alcançarem desenvolvimento motor, psíquico e social.
Outro ponto importante na vida adulta é o cultivo de atividades artísticas e culturais, tais como dança, teatro, música, além do trabalho de conscientização corporal através de tai chi chuan e euritmia. Os conteúdos culturais trazem conhecimentos de ciências naturais.

As oficinas terapêuticas desenvolvem a capacidade do pensar, sentir e querer através do trabalho que confere dignidade à condição humana, oferecendo oportunidade às pessoas especiais de realizarem um trabalho que possua valor para si e para a sociedade. Participam delas, alunos de 16 a 65 anos.

Oficina de tecelagem
Confeccionam-se tapetes, bolsas, mantas, tecidos, jogos americanos em materiais como lã, rami, sisal, algodão, taboa, buriti, fios sintéticos, etc. A técnica da tecelagem é um excelente recurso terapêutico para o estabelecimento das relações espaciais e temporais, além de desenvolver senso estético e estruturar o pensar. Mesmo as pessoas com muitas dificuldades e que precisam de um acompanhamento individual são introduzidas nesta oficina, confeccionando peças que lhes permite serem valorizadas e incluídas socialmente. No geral, nota-se um desenvolvimento em todos que participaram desta oficina, com aquisição de novas habilidades motoras e anímicas.

Oficina de marcenaria
São executados desde projetos de pequenos móveis, reforma de móveis antigos, até abajures, porta-retratos, castiçais, fruteiras, jogos infantis (dama, jogo da velha, dominó) e trabalhos artísticos de entalhe. Os jovens/adultos aprendem os princípios básicos do ofício, desenvolvendo principalmente a qualidade da vontade, do querer, ajudando na atuação frente ao mundo e na transformação da postura e consciência corporal, na organização prática de tarefas e coordenação motora.

Oficina de instrumentos musicais
Tem como objetivo a construção de instrumentos simples e rústicos, sem perder, no entanto, a qualidade técnica e o elemento artístico na condução dos trabalhos. São confeccionados chocalhos, paus-de-chuva, kalimbas, instrumentos de percussão, tambor de língua e instrumentos de cordas como rabeca, alaúde e kantele. Além de estimular o interesse pelo mundo, de exercitar a capacidade de agir, esta oficina trabalha a questão da sonoridade que influencia e equilibra os sentimentos.

Oficina de padaria
Da mesma forma que a Oficina de Instrumentos Musicais, a Oficina de Padaria tem um aspecto bem especial, pois aqui se aproxima de algo que aponta para uma produção artesanal. Pão integral, pão doce, pão de tomate seco, petit fours, esfihas, bolachas, trufas… os produtos são feitos e precisam ser consumidos rapidamente para não estragarem.
Através deste trabalho treina-se a motricidade, força de vontade, postura de trabalho, conhecimento prático de como lidar com alimentos. Além disso, por ser uma prestação de serviço, cultivamos nesta oficina a responsabilidade de cada um perante a comunidade.